Todos os posts de Gomú

As camisetas favoritas da mamalorian

Por @gomuyoda

Resolvi mexer no guarda-roupas da mamalorian e mostrar as favoritas dela, já que só as minhas camisetas ficam expostas na internet…

Ela não gosta de postar sobre roupas, sapatos e bolsas porque, no geral, ela se veste como se a palavra moda tivesse sido banida do Planeta Terra com todas as desonras possíveis e imagináveis.

Excetuando-se alguns vestidos e uma ou outra brusinha em tecido plano (são muito bonitinhos, eu pelo menos acho), tudo que ela tem se resume a calças cringe, camisetas sem estampas ou com estampas nerds e sapatos confortáveis.

Zero salto. Ela só tem uns  da Osklen e da Capodarte e as inseparáveis Havaianas.

Separei as camisetas abaixo, espero que vocês gostem.

Todas as da mamalorian tem o corte tradicional, masculino, mas muitas delas tem aquelas versões tipo baby look.

Pedi pra minha tia Monique colocar os links e publicar com urgência, antes que a mamalorian veja.

Hoje é domingo e ela está muito ocupada fazendo vários nadas e comendo gelatina sem açúcar. Diz ela que está fazendo dieta e que vai emagrecer.

Não pedi autorização para postar porque ela ia querer revisar e ia me fazer escrever uma tese para explicar por quais motivos gosta de cada camiseta.

Eu sou sucinto. Quando se trata dos meus textos, prefiro resolver tudo com a minha tia.

1. Camiseta Donnie Darko

A camiseta Donnie Darko é azul marinho e tem a célebre frase de comando, ‘Wake Up, Donnie‘ e diversos detalhes ligados ao filme, incluindo a seta Fear – Love.

[versão feminina aqui]

Nem precisa conhecer a mamalorian para saber o quanto ela gosta de Donnie Darko.

2. Camiseta Pulp Fiction

A camiseta Pulp Fiction vem as fontes imitando coisa detonada. Ela adora porque adora, e porque é preta (tem na versão feminina).

3. Camiseta Amélie Poulain

Outra camiseta de filme favorito: Amelie Poulain. Ela tem um tom meio palha e a estampa é quase tão fofa quanto eu. Também tem no padrão baby look.

4. Camiseta Kill Bill

A camiseta Kill Bill é sensacional e o mais legal é que serve para os fãs dos dois filmes, ehehe.

5. Camiseta Gato de Schrödinger

De todas que estão neste post, a camiseta Gato de Schrödinger é a única que não é 100% algodão, mas mesmo assim a malha, tipo mescla,  é confortável e macia. Essa é a cara dela em muitos níveis.

Tamanhos menores aqui

6. Camiseta What Happens in Black Hole Stays in Black Hole

A camiseta Black Hole é a que a mamalorian levaria se fosse para uma Ilha Deserta. Ela gosta tanto que tem duas iguais. Ela ri toda vez que relê a frase.

7. Camiseta Kate

Essa não é da mamalorian, mas resolvi colocar aqui.

Ela comprou um kit com 5 camisetas brancas 100% algodão para fazer camisetas personalizadas para o papalorian.

A primeira que ela fez ficou horrorosa, ficou tão feia que nem eu tenho coragem de mostrar de tanta vergonha alheia. Ela usou canetas para tecido e foi assim que descobriu que com malha não daria certo.

Ficou tudo borrado, porém o papalorian adorou e está usando mesmo assim. Ele diz que ficou como se o nome da banda estivesse derretendo.

Essa  foi a segunda. Ela fez o nome do filme Kate (2021) em katakana porque o papalorian está estudando japonês.

Ela usou tinta para tecido Acrilex e os pinceis da Sinoart.

Ok, as camisetas são muito legais. Mas ela não tem nenhuma camiseta de Star Wars, o que acho inadmissível. Acho que vou escolher alguma para dar de presente de Natal.

Para fazer as minhas camisetas, a mamalorian está usando algodão cru — achei mais fresquinho — e fazendo as pinturas com canetinhas para tecido.

Que a Força Esteja com Você!

Gomu Yoda

 

 

 

 

 

.

Aviso: As páginas associadas ao Blog da Monique
contém links afiliados da Amazon e isso não afeta
o preço que você pagará no caso de realizar qualquer
compra por meio deles. O Blog poderá receber
uma pequena comissão pela venda.

Darth Vader (e a Cronologia Star Wars)

Por @gomuyoda

Eu amo HQs. Vocês também gostam?

Não é a toa que o mundo nerd é praticamente atado às Graphic Novels. A construção mental do cenário e das ações é extasiante, porque você se desliga da realidade e salta ativamente na história.

Nos últimos dias, vi a mamalorian agarrada nestas:

Ela disse que esse tipo de livro (ou “revistinha”) pode ser uma excelente porta de entrada para adolescentes e adultos que desejam nutrir o hábito de leitura.

Hoje vou falar de uma HQ do Darth Vader, listar parte da cronologia dos eventos de Star Wars e apresentar mais alguns elementos da minha biografia.

A memória do Baby Yoda que passou por severos traumas relacionados à perseguição do Império possivelmente retornará de modo um pouco mais lento do que a minha. Eu estou lembrando de muita coisa.

Tenho tido vários flash backs, porém sou uma criança cética, então procuro refletir bem para evitar divulgar falsas memórias . Cometi um erro com o meu próprio nome, que está escrito com um acento agudo não só no documento da viagem — uma segunda via emitida às pressas —como no meu cadastro terráqueo de blogueiro, quando de fato meu nome verdadeiro é Gomu, sem acento.

‘Star Wars: Darth Vader Vol. 1: Vader’

Collects Star Wars: Darth Vader (2020)

A edição física em inglês da HQ ‘Darth Vader Vol. 1: Vader’ pode ser encontrada por preços que variam de R$ 90.00 a mais de 700.00, então a melhor opção que a mamalorian achou para mim foi a versão para Kindle, que está custando uns 30 reais para boa parte dos terráqueos.

Eu não paguei nada pela minha versão para Kindle porque a leitura está de graça para quem é assinante Amazon Prime (não sei por quanto tempo, pois o catálogo é rotativo).

Recomendo que a versão para Kindle das histórias em quadrinhos ou de quaisquer outros livros que tenham ricas ilustrações sejam  lidas pelo celular ou  tablet, porque as imagens e cores ficam mais vivas.

A mamalorian prefere ler as HQs de papel, mas, às vezes, quando as versões digitais são as escolhidas, o custo fica muito menor.

(O leitor da nuvem da Amazon me deixa um pouco confuso, mas pode ser que você goste. Para acessar, clique aqui).

As HQs dessa mesma série mostram o que acontecia no entorno de Darth Vader enquanto estávamos vendo os eventos por outros ângulos.

O Darth Vader volume 1, escrito por Kieron Gillen com ilustrações de Salvador Larroca e Edgar Delgado, começa um dia antes da morte de Obi Wan, tragédia ocorrida pouco mais de dois dias antes da histórica Batalha de Yavin, fielmente retratada no Episódio IV de Star Wars.

A HQ  mostra vários acontecimentos verídicos que os filmes não revelam, como a negociação de Vader com Jabba, por exemplo.

Dois dos importantes destaques desse volume são a primeira aparição da Dra Aphra, arqueóloga espacial e programadora de droides, e a revelação de como Darth Vader ficou sabendo que era pai de Luke.

Considerando a vastidão da Galáxia, recomendo a consulta da cronologia dos eventos em relação à data da Batalha de Yavin para que você se localize melhor quando estiver lendo um livro ou HQ, vendo uma série ou um filme relacionados.

A Batalha de Yavin está para a minha Galáxia como a Batalha de New York está para o Universo da Marvel.

Pelo que pude compreender, aqui no Planeta Terra o Antes e Depois é relacionado com o nascimento do Baby Jesus, que apesar de ter Baby no nome,  não é parente dos Baby Yoda.

Como sou apenas uma criança e não um historiador galáctico, organizei a cronologia abaixo  acrescentando alguns dos inúmeros detalhes desconhecidos por terráqueos que não tem acesso às aventuras experimentadas por pessoas anônimas da minha Galáxia natal.

Preciso dar um crédito mais do que especial ao Diário Rebelde, pois sem a pesquisa que ele fez para o canal do Youtube eu estaria mais perdido que Luke em Dagobah.

Fui acrescentando acontecimentos da minha vida e outros, como nascimentos e mortes de pessoas importantes, e a lista acabou imensa.

Todo padawan que se preza precisa saber um pouco da História da sua Galáxia.

Cronologia de Star Wars com enxertos da vida da não lendária criança geriátrica Gomu Yoda

  • ABY = Antes da Batalha de Yavin
  • DBY = Depois da Batalha de Yavin

▪896 ABY – Nascimento de Mestre Yoda
▪509 ABY – Nascimento de Yaddle
▪232 ABY – Livro Star Wars High Republic Light of Jedi de Charles Soule
▪232 ABY – Livro Into the Dark de Claudia Gray
▪232 ABY – Livro The Great Jedi Rescue
▪232 ABY – Livro A Test of Courage
▪180 ABY – Nascimento de Chewbacca
▪92 ABY – Nascimento de Qui Gon Jin
▪91 ABY – Nascimento de Dokaf (desconhecido para os terráqueos)
▪72 ABY – Nascimento de Shmi Skywalker
▪86 ABY – Nascimento de Hetra (desconhecida para os terráqueos)
▪80 ABY – Série Star Wars The Acolyte (Ainda será filmada)
▪58 ABY – Nascimento de Luminara Unduli (em Mirial)
▪57 ABY – Nascimento de Obi-Wan Kenobi
▪52 ABY – Nascimento de Chirrut Îmwe (em Jedha)
▪46 ABY – Nascimento de Padmé
▪44 ABY – Nascimento de Garazeb Orrelios (em Lasan)
▪41 ABY – Nascimento de Anakin Skywalker
▪41 ABY – Nascimento de Grogu
▪41 ABY – Nascimento de Gomu Yoda (desconhecido para os terráqueos que não são amigos da mamalorian)
▪40 ABY – Nascimento de Barriss Offee (em Mirial)
▪40 ABY – Livro Master & Apprentice de Claudia Gray (Qi Gon e Obi Wan)
▪40 ABY – HQ Age of Republic: QUI Gon Jin (Marvel)
▪36 ABY – Adoção de Gomu Yoda pelos togrutas Hetra e Dokaf (em Shili)
▪36 ABY – Nascimento de Ahsoka
▪34 ABY – HQ Jedi Fallen Order: Dark Temple (números 1 a 5, Marvel)
▪33 ABY – Nascimento de Kanan (Caleb) Jarrus
▪33 ABY – Construção do R2-D2
▪32 ABY – Nascimento de Boba Fett (Kamino)
▪32 ABY – HQ Darth Maul (números 1 a 15 – Marvel)
▪32 ABY – Livro Queen’s Peril de E. K Johnston (Sobre Padmé)
▪32 ABY Star Wars I: A Ameaça Fantasma
▪32 ABY – Morte de Qui Gon Jin
▪30 ABY – Nascimento de Lando Calrissian (em Socorro)
▪29 ABY – Nascimento de Han Solo
▪29 ABY – Nascimento de Hera Syndulla
▪29 ABY HQ Age of Republic: Obi-Wan Kenobi
▪29 ABY HQ Obi-Wan & Anakin (Volumes 1 a 5)
▪29 ABY – Gomu muda-se temporariamente para Coruscant; conhece Aldeeran
▪28 ABY – Livro Queen’s Shadow, de E. K. Johnston
▪27 ABY (aproximadamente) – Nascimento de Din Djarin
▪26 ABY – Nascimento de Cassian Endor (em Fest)
▪22 ABY – HQ Age of Republic: Count Dooku (Marvel)
▪22 ABY – Nascimento de Jyn Erso (em Vallt)
▪22 ABY – Filme Star Wars II: Ataque dos Clones
▪22 ABY – Morte de Shmi Skywalker
▪22 ABY – Filme Star Wars: A Guerra dos Clones
▪22 a 19 ABY – Série Star Wars: The Clone Wars (7 temporadas)  ▪21 ABY – Gomu deixa Coruscant; conhece Naboo.
▪21 ABY – Nascimento de Sabine Wren (Mandalore)
▪21 a 17 ABY – Livro Catalyst: A Rogue One Novel
▪20 ABY – Morte de Dokaf (pai adotivo de Gomu)
▪19 ABY – Nascimento de Ezra Bridger
▪19 ABY – HQ Kanan The Last Padawan (números 7 a 11)
▪19 ABY – HQ Darth Maul: Son of Dathomir (números 1 a 5).
▪19 ABY – Livro Star Wars Thrawn Ascendancy: Chaos Rising (de Thimoty Zahn)
▪19 ABY – Livro Star Wars Thrawn Ascendancy: Greater Good (de Thimoty Zahn)
▪19 ABY – Livro Star Wars Dark Disciple (de Christie Golden)
▪19 ABY – Filme Star Wars III: A Vigança dos Sith
▪19 ABY – Nascimento de Luke e Leia
▪19 ABY – Morte de Padmé
▪19 ABY – (Ordem 66) Morte de Depa Billaba, Luminara Unduli, Barriss Offee e outros
▪19 ABY – HQ Kanan The Last Padawan (números 1 a 6)
▪19 ABY – Série Star Wars The Bad Batch (começa momentos antes da ordem 66)
▪19 ABY – Momento de grande insegurança. Gomu Yoda interrompe seus estudos e muda-se com Hetra para Tatooine.
▪19 a 18 ABY – HQ Darth Vader: Dark Lord of the Sith (números 1 a 25) – Charles Soule
▪18 ABY – Livro Ahsoka, de E. K. Johnston
▪17 ABY – Gomu volta a Coruscant disfarçado de filhote de Ewok para renovar seu passaporte interplanetário
▪14 ABY – Livro Star Wars Lordes dos Sith, de Paul S Kimp
▪14 ABY – Jogo Star Wars: Jedi Fallen Order
▪14 ABY – Livro Star Wars Tarkin, de James Luceno
▪13 ABY – Livro Star Wars Most Wanted, de Rae Carson (Han Solo e a namorada Q’ira)
▪13 a 10 ABY – Filme Star Wars Han Solo  – É aqui que Han consegue fazer o Percurso de Kessel em cerca de 12 parsecs (encontrou um atalho e reduziu a distância)
▪13 a 0 ABY – Livro Star Wars: Rebel Rising, de Beth Revis (Jin Erso sob tutela de Saw Guerrera)
▪11 ABY – Livro Thrawn, de Thimoty Zahn
▪11 ABY – Livro Star Wars Um Novo Amanhecer, de John Jackson Miller (Padawans, o Jedi exilado Caleb foi o garotinho que escapou dos clones no início de Bad Batch; ele toma para si o nome Kanan e se une à pilota Hera Syndulla)
▪11 a 5 DBY – Livro Star Wars Estrelas Perdidas, de Claudia Gray
▪10 ABY – HQ Lando: Double or Nothing (números 1 a 5)
▪09 ABY – Série Star Wars Obi-Wan Kenobi
▪06 ABY a 3 DBY – Livro Star Wars Battlefront: Companhia do Crepúsculo, de Alexander Freed
▪05 ABY – Série Star Wars Andor
▪05 ABY – HQ Star Wars Cassian & K-2SO Rogue One
▪05 a 01 ABY – Série Star Wars Rebels – No ano 02 ABY os Rebeldes se instalam em Yavin 4. Kanan morre no ano 01 ABY, mesmo ano em que é descoberto um Portal Mundo entre Mundos.
▪03 ABY – Livro Star Wars Leia: Princesa de Alderaan, de Claudia Gray
▪02 ABY – Livro Star Wars Trawn: Alliances, de Timothy Zahn
▪01 ABY – Livro Star Wars Trawn: Treason, de Timothy Zahn
▪01 ABY – Jogo Vader Immortal I, II e III
▪01 ABY – HQ Vader: Dark Visions (números 1 a 5)
▪01 ABY – Morte de Kanan Jarrus
▪00 ABY – Filme Star Wars Rogue One (Jin Erso, Cassian e K-2SO)
▪00 ABY – Morte de Jyn Erso, Cassian Andor, Chirrut Îmwe, Baze Malbus (em Scarif)
▪00 ABY – Filme Star Wars IV: Uma Nova Esperança
▪00 ABY – Morte de Obi-Wan Kenobi
▪00 DBY – HQ Star Wars Princesa Leia (números 1 a 5)
▪00 DBY – HQ Star Wars Age of Rebellion: Han Solo
▪00 DBY – Livro A Missão do Contrabandista (Greg Rucka) – Han Solo e Chewbacca
▪00 DBY – HQ Star Wars Chewbacca (números 1 a 5)
▪00 DBY – Livro Star Wars Herdeiro do Jedi, de Kevin Hearne
▪00 DBY – Livro Star Wars A Arma de um Jedi, de Jason Fry
▪00 DBY – HQ Han Solo (números 1 a 5)
▪00 DBY – Livro Star Wars Battlefront II: Inferno Squad
▪00 a 03 DBY – HQ Star Wars, números 1 a 74, de Aaron, Cassaday e Martin
▪00 DBY – HQ Darth Vader (números 1 a 25), de Gillen
▪00 DBY – HQ Lando (números 1 a 5)
▪00 a 03 DBY – HQ Doctor Aphra (números 1 a 40)
▪01 DBY – HQ Star Wars: The Storms of Crait
▪01 a 02 DBY – HQ Star Wars, números 38 a 67, de Aaron, Cassaday e Martin
▪03 DBY – HQ Star Wars Target Vader (números 1 a 6)
▪02 DBY – Nascimento de Poe Dameron
▪03 DBY – Filme Star Wars V: O Império Contra-Ataca
▪03 DBY – HQ Bounty Hunters (números 1 a 9)
▪03 DBY – HQ Tie Fighter (números 1 a 5)
▪04 DBY – Livro Star Wars Alvo em movimento, de Jason Fry
▪04 a 34 DBY – Jogo Star Wars Battlefront II
▪04 DBY – Filme Star Wars VI: O Retorno de Jedi (Início da Nova República)
▪04 DBY – Batalha de Endor
▪04 DBY – Morte de Mestre Yoda
▪04 DBY – Morte de Anakin
▪04 DBY – HQ Império Despedaçado (números 1 a 5)
▪04 DBY – Livro Star Wars Alphabet Squadron
▪04 DBY – Livro Star Wars Marcas da Guerra
▪04 a 05 DBY – Jogo Star Wars: Squadrons
▪05 DBY – Nascimento de Ben Solo
▪05 DBY – Livro Star Wars Marcas da Guerra: Dívida de Honra, de Chuck Wendig
▪05 DBY – Livro Star Wars Marcas da Guerra: Fim do Império, de Chuck Wendig
▪07 DBY – Livro Star Wars Last Shot
▪08 DBY – Hetra teme pela vida de Gomu e operacionaliza uma rede de apoio à Resistência
▪09 DBY – Série Star Wars The Mandalorian (Grogu estava no Planeta Arvalla-7)
▪09 DBY – Morte de Kuiil
▪09 DBY – Criação secreta do ‘Programa de Adoção Intergaláctica de Bebês da Raça Yoda‘ (desconhecido pelos terráqueos e financiado pela Disney)
▪09 DBY – Hetra inscreve Gomu Yoda no PAIBRY
▪09 DBY – Série Star Wars The Book of Boba Fett
▪09 DBY – Série Star Wars Range of the New Republic
▪09 DBY – Série Star Wars Ahsoka
▪09-10 DBY – Em 09 DBY Gomu Yoda viaja para o futuro com escala na cidade de São Paulo; chega ao nordeste brasileiro no início do ano seguinte (ano terráqueo de 2021)
▪11 DBY – Nascimento de Finn
▪15 DBY – Nascimento de Rey
▪18 DBY – Livro Star Wars Poe Dameron: Free Fall
▪28 DBY – Livro Star Wars Legado de Sangue, de Claudia Gray
▪28 DBY – HQ The Rise of Kylo Ren (números 1 a 4) – Han e Leia se separam, Luke exila-se.
▪31 DBY – Livro Star Wars Force Collector
▪32 DBY – Livro Star Wars Phasma, de Delilah S. Dawson
▪32 DBY a 34 DBY – HQ Star Wars Poe Dameron (números 1 a 31)
▪34 DBY a 35 DBY – Série Star Wars: Resistence
▪34 DBY – Filme Star Wars VII: O Despertar da Força
▪34 DBY – Morte de Han Solo
▪34 DBY – Livro Star Wars The Last Jedi: Cobalt Squadron
▪34 DBY – HQ Star Wars Capitã Phasma
▪34 DBY – Livro Star Wars Galaxy’s Edge: Black Spire, de Delilah S. Dawson
▪34 DBY – Filme Star Wars VIII: Os Últimos Jedi
▪34 DBY – Livro Star Wars A Resistência Renasce, de Rebecca Roanhorse
▪34 DBY – Livro Star Wars Galaxy’s Edge: A Crash of Fate, de Zoraida Córdova
▪34 DBY – HQ Star Wars Allegiance (números 1 a 4)
▪34 DBY – Livro Star Wars Spark of the resistence, de Justina Ireland
▪35 DBY – Filme Star Wars IX: Ascenção Skywalker
▪35 DBY – Morte de Ben Solo
▪35 DBY – Morte de Leia

 

 

 

 

 

 

.

Aviso: As páginas associadas ao Blog da Monique contém links afiliados da Amazon e isso não afeta o preço que você pagará no caso de realizar qualquer compra por meio deles. O Blog poderá receber uma pequena comissão pela venda.

Meu Primeiro Body Jedi

Por @gomuyoda

Oi. Meu nome é Gomú e sou um Jedi em Treinamento.

Lembro como se fosse hoje.

Fui adotado no dia 06 de dezembro de 2020 e, depois de uma longa e cansativa viagem intergaláctica com escala em São Paulo, cheguei à minha casa nordestina no dia 25 de Janeiro de 2021.

Assim que aterrissei já me senti em casa: soube que o Planeta Terra em peso conhece o meu conterrâneo mais famoso, o Mestre Yoda, que foi imortalizado no cinema por 📔 George Lucas.

Embora eu seja cronologicamente mais velho que meus pais adotivos, ainda sou um bebê.

Como o meu primo Grogu, que ficou conhecido por ter sido resgatado pelo valoroso Mando, sou um dos últimos indivíduos da lendária Espécie de Yoda.

Nossa etnia é senciente e extremamente longeva, mas corremos sério risco de extinção, por isso eu e meus primos somos muito gratos pela oportunidade de povoar outra 📔 Galáxia.

A Viagem

O trajeto foi organizado por um humano super gentil. Ele teve o cuidado de me fotografar na véspera da partida e mandar a imagem para o WhatsApp da minha mãe.

Meus pais acompanharam a viagem pelo código de rastreio. O interessante é que o valor acertado só foi cobrado quando a Nave entrou no espaço aéreo brasileiro…

A viagem foi super tranquila!

Confesso que comi muito e me exercitei bem pouco mas, por outro lado, meditei bastante para melhorar da ansiedade causada pela mudança.

A adaptação a uma nova Galáxia

Foi muito emocionante entrar na via láctea, um amor à primeira vista.

Fora a minha família, a parte mais legal do Planeta Terra são as cores. Tudo aqui é muito colorido.

A comunicação por telepatia foi imediata, minha mãe sempre sabe o que estou pensando e também achei muito fácil postar stories no Instagram, porque quando eu penso no que quero dizer, o texto já sai.

Meu pai é mais calado, mas a gente se entende pelo olhar.

Falando em olhos, os meus são belíssimos. Eles são expressivos, muito brilhosos e bem grandes como os do meu pai e tem um tom castanho esverdeado igual aos da minha mãe.

Segundo os dermatologistas terráqueos, eu tenho uma face larval e malares bem posicionados, então certamente sou lindo e muito bonito.

A via láctea me ganhou mesmo, ando com a autoestima a mil.

Casa nova, vida nova

Nossa casa é pacífica e nerd, tem música boa o dia todo e, quando estou sozinho, fico vendo séries.

Meus lugares favoritos são o Home Office da minha mãe, o do meu pai e o quarto deles.

No começo enfrentei um pequeno problema porque as Alexas daqui não me entendem, mas como elas têm tela, já consigo selecionar os serviços. Estou gostando bastante da Netflix e do Amazon Prime Vídeo.

Adoro comer ovos, meu pai guarda todos limpos e abro a geladeira com a força da mente sempre que estou com fome, o que acontece várias vezes ao dia.

Projetos para o futuro

Vendo vídeos no Youtube, descobri que bebês de quaisquer espécies criados por humanos não precisam ter reserva de emergência  porque são ajudados pelos pais, então comecei a investir minha mesada de estudante diretamente na Bolsa de Valores.

Creio que dentro de três décadas já terei juntado um bom montante para minha independência financeira.

Meu grande sonho é conhecer Dagobah e me conectar com a mais profunda força cósmica.

Look do dia

Gosto demais da minha roupa original, mas moro numa cidade muito quente e minha mãe pediu autorização aos Jedis para comprar uma farda escolar nova, o Body Bebê Star Wars Jedi em Treinamento.

O body é mais adequado para o clima daqui e me agradou bastante, então a tia Monique criou meu perfil no Salada Médica para eu poder fazer a resenha do produto.

Quando minha mãe abriu o pacote da Amazon, eu duvidei que o body nerd fosse servir porque não é nada fácil comprar roupas pela internet.

O meu tamanho é P, mas se você for mais gordo que eu, sugiro que escolha o tamanho M.

Ele ficou um pouco apertado na barriga, por isso resolvi esperar mais uns dias para escrever.

Com o uso, o tecido se moldou ao meu corpo. Agora a peça está super confortável e posso recomendar com mais propriedade.

Gostei do comprimento das mangas dele, porque não preciso usar protetor solar nos braços.

Importante mencionar o conforto da abertura do pescoço, que facilita bastante minha vida na hora de vestir, mas nem tudo são flores.

A desvantagem do meu Body é que ele foi feito para bebês humanos, então minha mãe fez uma adaptação nas partes inferiores para o tecido não ficar sobrando.

Ela usou um alfinete de segurança, nem precisou costurar, mas é preciso deixar minha queixa registrada porque as empresas precisam trabalhar a diversidade.

A roupa original

A minha roupa vai ficar guardada junto com as camisas sociais do meu pai. Ele fez um cabide adaptado, ficou excelente.

Ela é muito resistente, tem uma gola felpuda e pode ser usada em todas as ocasiões, inclusive as festivas. No entanto é muito quente para o clima da minha cidade.

Apesar de ser minimalista, nunca vou me desfazer dela porque defendo que as pessoas precisam cultivar as suas origens, mas prefiro meu Body.

Treinamento Jedi

Com o avanço tecnológico experimentado pelo Planeta Terra, eu e meus primos podemos assistir às aulas de treinamento remotamente.

Quando começarmos o treinamento de luta corpo a corpo contrataremos um Personal Trainer, mas isso só será possível depois que todos os humanos estiverem vacinados.

Embora já seja de conhecimento público e notório que nós não desenvolvemos a COVID19, não há estudos científicos que comprovem que não somos capazes de transmitir o vírus aos humanos.

Concordo com esse zelo. A prudência é uma das principais características dos Yodas.

O futuro da minha etnia

Espero que mais primos tenham a mesma chance que eu e muitos outros Yodas – o Instagram está cheio deles – e também sejam adotados, porque o mundo é perigoso demais para quem é diferente.

Quem acompanhou a saga do Grogu sabe bem o que estou falando.

Obrigado pelas visitas e pelo carinho!

Que a força esteja com você.

 

 

 

Aviso: As páginas associadas ao Blog da Monique contém links afiliados da Amazon e isso não afeta o preço que você pagará no caso de realizar qualquer compra por meio deles. O Blog poderá receber uma pequena comissão pela venda.