Como uso o meu Robô Aspirador WConnect

Por @meire_md

Eu já vinha querendo comprar um robô aspirador há bastante tempo, mas como a cerâmica do piso na nossa casa é uma espécie de “pedra”, temíamos que a performance não fosse boa.

Escolhi o WAP WConnect, que é equipado com WiFi, tem carregador bivolt, pode ser controlado manualmente, pelo controle remoto, pelo celular —tanto pelo aplicativo como pelo Google — e pela Alexa.

Outras duas coisas também pesaram na escolha: segundo o fabricante, a escova rotativa é bem indicada para a aspiração de cabelos — não sei vocês, mas deixo uma peruca por onde passo —e ele tem rodas com emborrachamento reforçado que melhora a eficácia da aspiração em superfícies irregulares.

Como muitos robôs, ele não faz mapeamento mas volta sozinho para a base de carregamento quando a bateria começa a perder força. O recipiente coletor de pó tem uma capacidade de 450mL.

O meu modelo tem três modos de limpeza, duas velocidades de sucção , 37.4 W de potência e vem com reservatório de água para o MOP, ou seja, ele também passa pano.

Estou tão apegada que já batizei o bichinho. O nome dele é Asimov.

Antes de falar como uso, vou mostrar como configurá-lo, incluindo os passos para casa inteligente, se for essa a sua escolha de uso.

O Wap Robot WSmart custa uns 500 reais a menos e faz basicamente tudo que o meu faz, a diferença é que não tem wi-fi.

Se você não usa automação residencial, faz muito mais sentido comprar o WSmart ou outro.

O que vem na caixa

amazon.com.br
  • Guia de Uso e o Manual de Instruções
  • Robô Aspirador WAP Robot WConnect
  • Base de carregamento
  • Carregador Bivolt
  • Controle remoto com display
  • Pilhas AAA 1,5 V
  • Pincel de limpeza com lâmina para fios
  • Escova giratória lateral
  • Uma escova giratória lateral extra
  • Escova rotativa central
  • Filtro HEPA
  • Um filtro HEPA extra (deve ser trocado a cada dois anos)
  • Mop
  • Reservatório para água
  • Reservatório para pó
  • Primeiros passos para usar o robô Aspirador WConnect

A primeira coisa é conectar a base carregadora ao adaptador bivolt e ligá-la na tomada em um local com espaço de pelo menos um metro na frente e um metro em cada uma das laterais.

Assim, o robô consegue voltar para se alimentar sem precisar fazer tantas manobras.

A segunda coisa é remover uma faixinha de EVA branco que vem protegendo o robô, colocá-lo de “bruços” e encaixar a escovinha lateral.

A empresa recomenda que antes do primeiro uso ele fique tomando carga por 5 a 6 horas. Eu deixei por 6h.

Quando ele está alimentado e pronto para trabalhar, você pode definir como prefere acioná-lo.

Quem preferir pode simplesmente usar o botão liga e desliga. Basta apertar por três segundos pra ligar ou desligar e por um segundo para ativar ou desativar a limpeza.

Acho muito mais legal usar o controle remoto e ativar o uso tanto pelo celular quanto pela Alexa.

O controle remoto funciona com pilhas.

Como instalar o aplicativo WAP e fazer a conexão do robô com a Alexa

Se você ler os próximos parágrafos vai poupar bastante tempo. Lembro que só é preciso seguir os passos seguintes se você quiser.

O robô funciona quando ativado com as nossas mãos ou pelo controle remoto.

Como gostamos de automatização e usamos vários dispositivos equipados com Alexa, ativamos tudo.

Dentro do robô —é preciso remover a tampa da escova rotatória — há um botão para ativar o Wi-Fi.

Encontre o botão e não faça nada, mesmo que a tentação seja forte.

Agora entre na sua loja de aplicativos para celular, procure e instale o App WAP Connect.

Após a instalação, faça um cadastro fornecendo um e-mail válido (o aplicativo manda um código de verificação) e crie uma senha segura.

Depois que o robô estiver alimentado, retire-o da base, entre no aplicativo, clique em ADICIONAR DISPOSITIVO e selecione WAP WConnect.

Agora chegou a hora de conectar o robô à rede WiFi da sua casa. Forneça o nome da rede e a senha e, preste bem atenção: saia do aplicativo e entre novamente.

Se você pular esse passo, tudo de errado não dará certo.

Quando o aplicativo estiver reiniciado, desligue e religue o aspirador.

Agora sim, chegou a hora de ativar o botão do WiFi do robô.

O aplicativo vai pedir para confirmar que o WiFi está piscando, ok?

Agora você vai encontrar o seu robô e a seguir, renomeá-lo.

O nome que você vai dar a ele é o mesmo nome que será usado para o comando de voz.

Agregando o robô aspirador à Alexa

Basta entrar no aplicativo Amazon Alexa do seu celular e clicar na opção MAIS (canto inferior direito), escolher SKILLS e JOGOS, procurar e ativar o WAP Connect.

O aplicativo Alexa vai encontrar o aplicativo WAP Connect automaticamente — se isso não ocorrer, a Alexa vai pedir o e-mail e a senha que você usou lá.

Quando o vínculo for feito, você procura o robô na opção DETECTAR DISPOSITIVO, e pronto.

Os comandos de voz pela Alexa são: “Alexa, ligue o Aspirador (ou o nome que você colocou para ele)”; “Alexa, desligue o Aspirador”.

O controle remoto e o aplicativo podem alterar os modos de limpeza e ajustar a potência da sucção.

Pelo aplicativo também é possível ver como está a bateria, agendar a limpeza, controlar o robô manualmente e pedir que ele interrompa o serviço e volte para a base.

Quando o robô fica enganchado em alguma coisa, preso em algum espaço ou está com a escova obstruída, ele começa a apitar. Pelo app é possível verificar qual está sendo o problema e resolvê-lo.

Tenho usado a função MOP (passar pano) duas vezes por semana, aí passo manualmente meu MOP Spray apenas uma vez por semana.

Como uso o meu Robô Aspirador WConnect

Tenho o hábito de fazer uma verificação geral na casa antes de começar a usar qualquer aspirador e como minha ideia é deixar a rotina de limpeza cada vez mais simples, dei uma otimizada geral na casa, mudei alguns móveis de lugar e deixei os tapetes em uma posição fácil de enrolar quando quero usar o MOP.

Antes dele começar a trabalhar, deixo todas as portas abertas e verifico se não há fiodental, fios elétricos, cadarços, franjas de mantas e coisas similares pelo caminho, pois isso já previne interrupções no serviço.

Costumo ativá-lo por voz pela Alexa e mudar os modos de aspiração ou a potência pelo celular.

O modo que usamos mais é o aleatório. Gostamos do modo espiral para aspirar os tapetes, quando também ativo o modo turbo.

Fui testando várias rotinas, como por exemplo deixar o robô por tempo X em um só ambiente ou fechar parte da casa em um dia e abrir no outro.

Quando dei por mim, a rotina se consolidou. Deixo o robô livre pela casa toda — com exceção da lavanderia, que é sempre caótica — de segunda a sábado.

Observei que, como ele faz uma limpeza aleatória, em alguns dias possivelmente um ambiente seja mais aspirado que outro.

Usando todos os dias, a casa sempre fica toda limpa; o que passou batido em um dia, é compensado em outro.

Nos dias em que ele também passa pano (terças e sextas), uso uma solução contendo Veja Limão e água .

Como meu modelo tem uma boa potência e o modo turbo, acabei me surpreendendo. Eu já sabia que o robô não substituiria a necessidade de uma faxina pesada, mas não esperava que ele quase substituísse.

Nas quartas-feiras pego meu aspirador portátil e dou uma aspirada rápida por trás das portas e em um ponto ou outro que o robô não chega, como entre as poltronas da sala e por trás da minha cabeceira.

Faço uma aspiração pesada por mês ( faxina geral), e passo o MOP manual uma vez por semana.

Antigamente eu aspirava a casa e passava pano dia sim, dia não. Nem me imagino voltando para a rotina antiga.

Preste atenção

É bastante importante que você leia o Guia Rápido de Uso e o Manual do Usuário para conhecer melhor o produto.

Como ocorre com outros aspiradores, ele não pode aspirar agulhas, preguinhos, cacos de vidro e outros objetos cortantes, combustíveis, produtos químicos abrasivos, sujidades de construção civil, talco etc.

Higienizar o robô corretamente é muito importante.

Tem gente que diz coisas como “ele funcionava bem no início” até o técnico mostrar que o aparelho está imundo, todo entupido.

É óbvio que ele não vai funcionar direito se não for feita a manutenção correta. Isso acontece com qualquer aspirador.

Manter a casa limpa sempre vai exigir algum trabalho. O meu reduziu muito com a adoção do Asimov mas nada (por enquanto) substitui completamente todas as ações humanas necessárias.

Quando e como fazer a limpeza do Robô?

O robô fica com todo o trabalho da aspiração, passa uma hora ou mais limpando a casa por você.

Se você tem preguiça de dedicar uns minutinhos por dia para limpá-lo após de cada uso, vai perder dinheiro e passar raiva. Nenhum aspirador sobrevive aos entupimentos promovidos pela má conservação.

Faço uma limpeza básica diária que mal chega a dois minutos e aos sábados faço uma limpeza um pouco mais minuciosa, que talvez me tome 10 minutos.

Após cada utilização é preciso, no mínimo, remover o recipiente do pó, despejar o conteúdo em uma lixeira e fazer uma limpeza do filtro, escovas e sensores. Como sou uma pessoa muito prática, arrumei uma forma ainda mais rápida.

Depois que esvazio o depósito, pego meu aspirador portátil, aspiro o filtro, aspiro o robô com atenção a todos os pontos onde há acúmulo de sujidades — incluindo as escovas —e examino os sensores.

Dentro do WAP ROBOT WCONECT tem uma ferramentinha bem útil. Uso também um pincel de uma polegada para remover o pó de algumas reentrâncias, uma pequena chave de fenda para retirar a escovinha lateral e um paninho microfibra multiuso para limpar os sensores sem arranhá-los.

Quando vou fazer a limpeza mais minuciosa, destaco o filtro (ele não deve ser lavado), lavo depósito de poeira e as escovas, e limpo a tampa da escova rotatória e os sensores.

A parte de fora do robô, o bocal de sucção e os contatos elétricos de carga podem ser limpos com um paninho seco ou levemente umedecido com água (a empresa contraindica o uso de produtos químicos).

Por minha conta e risco — repito, a empresa não indica isso — no dia da limpeza minuciosa (faço às quintas-feiras) limpo os sensores e a grade interna com o limpa telas da Flashlimp.

Como o reservatório de água pode receber produtos de limpeza diluídos, acredito que nada impeça que seja lavado com um tico de detergente neutro. Lavo o  MOP (paninho) a cada uso.

Comprei só um refil porque o tecido é resistente e seca rápido.

Vida longa ao meu robô. Já não me imagino sem ele, eheh.

Quando mostrei o meu, algumas meninas deixaram mensagem indicando outros robôs:

A @suanyalves está recomenda o WAP WSmart, justamente o que eu ia comprar antes do WConnect aparecer.

A @fernandaadavila tem o Kabum Smart 700 há quase um ano, ela diz que está satisfeita com o produto e que ele também faz mapeamento.

A @anaadnmr tem um robô da marca ROPO que é Smart, programável e passa pano.

O robô da @lline_reis é o da Mondial, o mais barato da linha. Ele tem 30W de potência , similar a este da Multilaser.

P.S.: Minha irmã fez pesquisa de preço do meu Robô Aspirador WAP WConnect em várias lojas e disse que no momento ele está mais barato na Amazon.

Beijos,

Meire



Aviso: As páginas associadas ao Blog da Monique 
contém links afiliados da Amazon e isso não afeta 
o preço que você pagará no caso de realizar 
qualquer compra por meio deles. É um recurso 
de monetização para manter o blog no ar.