Bem-vinda à Escola de contos eróticos para viúvas

“Talvez a paixão e a excitação fossem secundárias a uma vida adulta estável”.

Balli Kaur Jaswal, Escola de Contos Eróticos para Viúvas

Por: @blogdamnq

A atriz Reese Witherspoon é uma das maiores entusiastas do livro  de Balli Kaur Jaswal: Escola de Contos Eróticos para Viúvas.

Ela declarou que:

“Esta é uma história sobre a libertação de mulheres de todas as idades e sobre o empoderamento necessário para que possam expressar seus desejos, seus sonhos e o que faz com que elas se sintam bem. Acima de tudo, é um livro sobre como mulheres de diferentes gerações podem se unir para mudar suas comunidades.”

Continue a leitura para saber mais sobre essa história incrível.

Escola de contos eróticos para viúvas

Nikki é uma jovem que abandonou a faculdade de direito com visão de futuro e mente aberta. Morando sozinha em Londres (para desgosto de sua mãe), trabalha como bartender.

Ela não tem nada além de desprezo pela maioria dos elementos da vida tradicional punjabi (povo natural de Panjabe, na Índia), como casamentos arranjados, por exemplo. 

No entanto, quando parece que o bar em que trabalha vai fechar em breve, Nikki acaba aceitando um emprego como professora de escrita criativa para viúvas punjabi no Gurdwara.

As viúvas são, talvez, as melhores personagens do romance — cheias de reviravoltas, nunca são o que se espera que sejam. Elas são, sem dúvida, tradicionais e até conservadoras em alguns aspectos: algumas acreditam que a homossexualidade é antinatural e imoral.

A maioria dos personagens do livro não é completamente agradável nem desprezível. A escritora é capaz de manter o equilíbrio de falhas e virtudes que compõem a maioria das pessoas, fazendo com que seus personagens se sintam muito mais reais.

 Uma coisa interessante sobre Escola de Contos Eróticos para Viúvas é que combina ficção literária e mistério de assassinato e, bem, erotismo.

Ele contém comentários sobre o sexismo internalizado, romance, bem como a representação de grupos fanáticos e puritanos, todos dentro da mesma comunidade.

Também aborda as lutas dos imigrantes em um novo país e tenta, com sucesso, desafiar a imagem social das mulheres mais velhas, especialmente as viúvas, como mansas, piedosas, conservadoras e desprovidas de desejo sexual. 

Embora seja engraçado, atraente e totalmente envolvente, este livro também é uma crítica social sobre a forma como as mulheres são tratadas na comunidade Punjabi e como os imigrantes são tratados no Reino Unido.  É história, papai.

Se você gostou da dica, leia também:  7 livros queridinhos recomendados por celebridades.

 

.

Aviso: As páginas associadas ao Blog da Monique
contém links afiliados da Amazon e isso não afeta
o preço que você pagará no caso de realizar qualquer
compra por meio deles. É é um recurso de monetização 
para manter o blog no ar.