Lista de Produtos usados no Tratamento do Melasma

Por @meire_md

Como vocês gostaram muito do post “Meire, como o seu melasma clareou?“, resolvi fazer esta complementação.

Fiz uma compilação — muito possivelmente incompleta — dos cosméticos que usei ao longo de 15 anos de tratamento aproveitando anotações de agendas, do antigo Salada e do Instagram.

Para manter uma organização mínima, fiz uma categorização sem rigidez, então alguns aparecem em mais de uma categoria.

Os produtos abaixo não são indicações e sim uma lista para nortear vocês nas escolhas.

Acho muito importante destacar que nunca testei produtos de qualidade duvidosa, produtos vendidos como panaceia ou  produtos com marketing especialmente desonesto e que todos são muito bons, mesmo aqueles que não funcionaram para mim.

A nossa pele é uma caixinha de surpresas, às vezes um produto não funciona porque não era o momento certo de usá-lo , porque não fomos persistentes ou porque não o usamos do modo correto.

Os produtos que testei antes de construir uma boa rotina de fotoproteção certamente tiveram uma performance muito inferior à que poderiam ter.

Só para lembrar:

O pigmento que dá cor à mancha do melasma se chama melanina e além de ser produzido naturalmente, é necessário para a saúde da nossa pele. Precisamos da melanina.

Ela ajuda a nos proteger contra os danos solares, daí quanto mais clara for a pele da pessoa, maior o risco de desenvolver cânceres relacionados à fotoexposição.

Quando temos melasma os melanócitos e o sistema que os regulam são localmente “doentes” (hiperativos) e reagem de modo errático, pigmentando áreas específicas além do necessário. Além disso a pele afetada é mais inflamada e a rede de vasinhos também não é normal.

A melanina é produzida lá no “fundo da pele” e carregada para a superfície.  Alguns ativos agem reduzindo a sua produção, outros agem reduzindo o transporte dela para a parte mais superficial da pele, outros agem aumentando a velocidade com a qual a pele se renova, outros agem reduzindo a inflamação e tornando a região menos reativa ou ainda acalmando a rede de vasos.

É por isso que o melhor tratamento, no geral, envolve associação de produtos que colaborem entre si.

O principal sempre será a proteção solar, por isso ela foi o foco do primeiro post. Se seu orçamento é muito curto e você quer tratar o seu melasma, foque na proteção solar e na maquiagem.

As categorias são estas:

  • Produtos que atuam principalmente na renovação da pele acelerando a eliminação da melanina.
  • Despigmentantes leves e/ou alternativos
  • Coadjuvantes com vitamina C
  • Outros coadjuvantes
  • Meus antioxidantes de plantinhas
  • Produtos que não me beneficiaram ou produziram alguma reação desfavorável à época do uso
  • Outros despigmentantes com ação múltipla
  • Despigmentantes que mostraram maior maior eficácia para a parte mais profunda do meu melasma

Vamos lá?

Produtos que atuam principalmente na renovação da pele acelerando a eliminação da melanina.

Estes produtos não atuam como despigmentantes clássicos quando usados isoladamente,  porém quando associados a despigmentantes tendem a potencializar os efeitos clareadores.

Além disso,  podem atuar no tratamento e até na reversão dos danos solares da pele.

Os ingredientes principais são o retinol, os retinoides, o ácido glicólico e a tretinoína.

1.  Ácido glicólico

Usei tanto manipulado quanto em cosméticos prontos.

Há incontáveis opções no mercado hoje.

Só consigo usar glicólico nas fases em que não estou usando tretinoína porque quando uso os dois na mesma rotina, o melasma escurece.

2. Differin Gel

Há outros nomes comerciais e a versão genérica também.

É um medicamento (Adapaleno) particularmente voltado para o tratamento da Acne.

Por conter um retinóide —uma molécula parecida com a tretinoína— tende a promover a renovação da pele.

3. Neostrata Gel Plus 15 AHA

Minha pele gostou muito deste gel por um bom período.

4. Neostrata High Potency Gel 20 AHA

Este contém ácido glicólico em concentração clínica e promove um efeito peeling, renovando a pele. Eu costumava usar quando achava que os poros estavam muito altos.

Não recomendo o uso sem orientação médica.

Para quem tem melasma acho interessante não associar produtos potentes assim sem ter um bom conhecimento ou ser bem orientada e sim deixá-lo reinar absoluto na rotina por um certo prazo.

5. Retinol da Neutrogena

Foi o primeiro suposto Retinol que usei na vida. Possivelmente continha algum retinoide. Lembro que era bem vitaminado e que deixava minha pele uniforme e macia (eu não tinha melasma na época).

O produto similar para quem já passou dos 25 anos e tem ou não melasma e quer um produto bom e baratinho para começar a prevenir o envelhecimento precoce é o Creme Antirrugas Cicatri-Correct L’Oréal Paris Revitalift Laser X3 (30mL), que além de conter Niacinamida, tem pro-xylane, um retinoide, vitamina E e um esfoliante químico leve, o LHA.

É um produtinho que costumo chamar de mistério da natureza. Acho espetacular para quem não pode gastar com um Retinol puro ou não tem acesso ao dermatologista para começar a usar a Tretinoína.

Pele limpa, hidratada com ele, fotoprotegida e maquiadinha: o fotoenvelhecimento da pele tenderá a demorar mais a aparecer.

6. Retin Ox ROC

Foi um produto que amei, usei muitos frascos.

Ele deixava a minha pele bem macia e cuidava bem da área dos olhos.

O produto que está no mercado hoje que mais se parece com ele é o Redermic Retinol da La Roche-Posay. Pode ser usado a partir dos 20 e poucos anos tranquilamente.

Em peles mais resistentes pode ser alternado com o ácido glicólico.  Pele de bonita mesmo.

7. Derm AHA La Roche-Posay

Esse com certeza foi meu ácido glicólico favorito da vida.

Usei vários frasquinhos. O similar atual é o Glycolic HA da La Roche-Posay

8. Retexturing Activator Skinceuticals

Acho que usei só um frasco porque preferia o da La Roche.

9. Effaclar Serum Antiage

Também usei bastante. Além de refinar a pele, controla a acne e minimiza o aspecto dos poros.

Ótimo produto para quem tem melasma, pele acneica e usa despigmentantes leves.

10. Redermic Retinol – também disponível aqui

Usei por vários anos alternando com a Tretinoína, até conhecer o Lifactiv HA Advanced Vichy , que possivelmente foi o Retinol que mais promoveu efeitos favoráveis à minha pele.

11. Retinol 0,3% Skinceuticals

Apesar de ser um ótimo produto, não fez muita coisa pela minha pele e até hoje não tenho uma explicação satisfatória para dar. Simplesmente não funcionou.

12. Lifactiv HA Advanced Vichy (disponível também aqui)

Este usei baldes, vários frascos.

Alternava com a tretinoína e só parei de usar quando minha pele começou a aceitar o medicamento no mínimo cinco dias por semana.

Atenua linhas e poros, dá um excelente suporte ao clareamento dos despigmentantes.

13. Overnight Resurfacing Serum Dr. Brandt: usei amostras.  Funcionou bem, mas achei caro e difícil de comprar.

14. Ruby Crystal Retinol Hydracrème Dr. Brandt: idem

15. Tretinoína (medicamento)

Da lista acima, o que uso atualmente é a Tretinoína.

Se eu resolver comprar um retinol ‘puro’ novamente, será o Lifactiv HA Advanced Vichy  (também tem aqui), mas penso em testar o Retinol B3 Serum de La Roche-Posay (também tem  aqui), que vem sendo bem elogiado pelos amantes do skincare.

 Despigmentantes leves e/ou alternativos

1. Pigmentclar Serum (disponível também aqui):

Esse uniformiza a pele, hidrata, reduz imperfeições.

Em minha opinião o custo-benefício para quem tem melasma é excelente porque é um produto multifuncional certamente mais eficaz que o serum da Shiseido, que é bastante caro.

Não deve ser associado a Hidroquinona, salvo se houver indicação médica.

Só vale a pena usar se você já tem uma boa rotina de fotoproteção, do contrário poderá jogar dinheiro fora.

Contém ingredientes sabidamente eficazes no controle das manchas  e pode ser comprado sem receita médica.

Se o melasma não melhorar com ele há outros bons frutos, como uniformização do tom da pele sadia e melhora da luminosidade.

Ele contém Niacinamida,  agentes botânicos com ação antioxidante, agentes hidratantes e outros despigmentantes.

Excelente opção para usar durante a pausa de despigmentantes mais fortes.

2. Sana Nameraka Soybean Isofrabon Medicated Whitening Cream

Não vi efeito no clareamento das manchas mas ele deixava a pele bem macia. Há inúmeros despigmentantes leves no mercado asiático mas de todos que testei acabei pegando amor apenas pelos da Shiseido.

3. Futura Biotech Clareador da Pele

Não consigo lembrar se gostei dele, mas resolvi deixar o registro porque contém ácido kójico, que é um bom despigmentante.

4. Papuless (disponível também aqui):

É a Niacinamida em gel.

Ajuda na manutenção da barreira da pele, na redução do aspecto amarelado da pele fotoenvelhecida, na redução da parte mais superficial das manchas e melhora o aspecto dos poros.

O efeito só é visível no médio para o longo prazo, só quem é persistente colhe bons frutos com ela, que reduz o transporte da melanina.

Gosto de usar no verão.

Hoje recomendo menos o Papuless porque há Niacinamida em outros produtos e o laboratório tem exagerado no preço.

5. Linha White Lucent Shiseido

É uma linha cara, então só indico para quem realmente (realmente mesmo) tem um orçamento folgado. Ela não é insubstituível.

Uso porque meu melasma está controlado e gosto muito da experiência sensorial do serum.

O Pigmentclar Serum é um bom exemplo de produto com preço inferior e mais ativo contra as manchas em si.

Meu produto favorito da linha é o White Lucent Illuminating Micro Spot Serum Facial, que recém voltei a colocar na rotina. Aplico pela manhã imediatamente antes da Vitamina C e do protetor solar Clear Stick UV da Shiseido SPF 50+ (compro também na Sephora ou na Beleza na Web).

Quando o serum acabar vou comprar o White Lucent Overnight [ Amazon || Beleza na Web ], que vem com 75ml.  São produtos diferentes, mas tenho impressão que a relação custo-benefício será melhor. Eu não usaria os dois ao mesmo tempo porque tenho buscado uma rotina mais enxuta.

Nunca fico sem o OnMakeup Spot Correting Serum SPF25 PA+++ — minha cor é a Natural Light (tb disponível aqui) — que é um corretivo em canetinha que contém os agentes despigmentantes da linha.

Gosto de usar a canetinha na área dos olhos e no topo das bochechas. Também não recomendo para quem tem orçamento apertado nem defendo que tenha efeito real sobre o melasma porque uso como maquiagem mesmo, por cima do protetor solar. Não espero que entregue efeito clareador, uso porque camuflha minhas manchas sem deixar aspecto rebocado e marca pouco a área dos olhos.

6. Ácido Tranexâmico Premium Milk Hadalabo

Uso diariamente assim que removo toda a maquiagem do dia. Atualmente aplico  em uma quantidade generosa (inclusive na área dos olhos) e vou descendo até o colo.

O custo-benefício é excelente, um frasco vem com 140mL, então equivale a uns três ou mais tubos de outros cremes.

É meu ácido tranexâmico favorito. Supostamente ajuda na manutenção do melasma, sobretudo naqueles onde há uma rede vascular mais pronunciada e auxilia na proteção da barreira da pele.

Coadjuvantes com vitamina C

Minha relação de amor e ódio com a Vitamina C demorou anos para ser curada porque praticamente todas que continham vitamina C pura me davam acne ou deixavam minha pele avermelhada.

Em um determinado ano — não me recordo exatamente — desisti de tentar manter uma vitamina C pura na rotina e isto só mudou agora em 2021, quando comecei a usar a  Vitamina C da Bisyou.

A Bisyou indica que seja usada uma vez ao dia, mas confesso que frequentemente aplico duas vezes (pela manhã e na rotina do fim do dia, algumas horas antes de aplicar a tretinoína).

A Vitamina C pura melhora o aspecto das minhas olheiras é dá uma refinada nos poros, mas pretendo mantê-la na rotina porque tenho usado maquiagem mais leve e um protetor solar menos “pesado” do que usava antes. Preciso da ação antioxidante mais forte proporcionada pelo produto.

Estou bem feliz com ela porque o veículo é siliconado e ela também funciona como primer. Só vou testar novamente outra Vitamina C se a da Bisyou estiver em falta ou se eu ganhar amostras grátis de outras.

Todas as vitaminas C da minha lista de produtos testados são excelentes.

1. Active C10 [ Amazon || Beleza na Web ]

Esta é uma que pretendo voltar a testar porque foi indicada pelo meu dermatologista anterior.

Ela me deu acnes super dolorosas na época que usei, o que ocorreu mais ou menos no mesmo período que precisei usar Roacutan.

Aproveitei o tubo todo na área dos olhos mas não recomprei.

2. Redermic C [ Amazon || Beleza na Web ]

Também me deu acne. Essa aproveitei no colo.

3. Serum 10 Skinceuticals [ Amazon || Beleza na Web ]

4. CE Ferulic Skinceuticals [ Amazon || Beleza na Web ]

As da Skinceuticals são muito famosas e amadas, mas não funcionam para mim.

Irritam muito a minha pele. Super eficazes, certamente, mas não penso em voltar a testar nenhuma.

5. Hydracid C20 

Essa usei por muito tempo, mas não contém vitamina C pura (ela contém um derivado).

Excelente. É super hidratante e ‘gordurosa’, pode ser bem incômoda para quem tem pele muito oleosa.

6. Lightful C Mac Creme Hidratante [ Beleza na Web ]

Usei potes e potes, só parei porque a distribuição começou a ficar irregular.

Nunca descobri se ela vai ou não ser descontinuada. Ela some, depois reaparece plena e bela.

Não pretendo recomprar.

7. Clair (Resveratrol, Arbutin, Kojico e Vitamina C) da Profuse 

Esse produto muito bom, fórmula bem honesta, multifuncional e desenhada só com ingredientes sabidamente eficazes .

Ótima opção para quem está com o melasma ainda escuro e precisa de um clareador mais ativo mas não quer ou não pode usar hidroquinona.

Como ocorre com todos os despigmentantes mais ativos, não é recomendado o uso contínuo. É preciso fazer pausas.

8. Loção MAC Lightful C [ Sephora || Beleza na Web ]

Lotion deliciosa, mas desapareceu do mercado.

9. Fórmula magistral com Ascorbil Palmitato de 10 a 20% e outras com vitamina C pura.

Este registro está aqui apenas para lembrar que testei várias vitaminas C manipuladas, tanto puras quanto derivadas.

Não me adaptei a nenhuma e costumo não recomendar.

10. Matiderm Vitamina C em Ampolas

Deu acne até no meu pensamento.

11. Vitamina C da Bisyou  

É a que está na minha rotina atual.

Outros coadjuvantes

Os produtos abaixo auxiliam na tolerância da pele ao tratamento e na manutenção do clareamento porque agem como antioxidantes e/ou como protetores da barreira epidérmica; alguns contém agentes botânicos com ação despigmentante e redutora dos processos inflamatórios.

Sem cuidar da barreira da pele o sucesso do tratamento é menos provável: você pode desistir do tratamento pelo desconforto ou até achar que a pele está com aspecto mais envelhecido ainda.

Certamente usei muitos outros, mas estes foram os que ficaram na lembrança.

1. AGE Interrupter Skinceuticals
[ Amazon || Beleza na Web ]

Caro, vale cada centavo, mas também só indico para quem tem muita folga no orçamento.

Usei por muitos anos, só suspendi de vez quando passei a usar a Tretinoína diariamente.

Planejo voltar a usá-lo quando estiver mais velha.

Por enquanto a minha regra é, se for para comprar creme facial super caro, que seja um White Lucent da Shiseido.

2. Papuless Gel
[ Amazon || Beleza na Web ]

A Niacinamida tem efeito coadjuvante no clareamento das manchas e auxilia na reparação da barreira da pele.

Como o Papuless subiu muito de preço e o gel não rende muito, acho muito mais vantajoso — para quem tem melasma— usar o Creme Antirrugas Cicatri-Correct L’Oréal Paris Revitalift Laser X3 (30mL).

3. MAC Strobe
[ Sephora || Beleza na Web ]

Hidratante com efeito iluminador, rico em antioxidantes, com efeito primer e delicioso de usar. O custo-benefício dele é muito bom.

Usei por muitos anos por baixo do protetor solar. Só não recompro porque já estou adaptada com a Vitamina C.

5. Cicaplast Baume Creme
[ Amazon || Beleza na Web || Panvel Farmácias ]

Este produto sempre foi fundamental para reparar e acalmar a minha pele. Nunca fico sem.

Testei outros, mas nenhum acalma minha pele como ele.

6. Lipikar Baume AP+
[ Amazon || Beleza na Web ]

Além de ser um excelente reparador da pele, contém Niacinamida e é bastante versátil, pode ser usado tanto no rosto quanto no corpo.

7. Óleo de Argan 100% da WNF

O Argan está aqui representando inúmeros óleos orgânicos, como a Manteiga de Karité da L’Occitane, que vira e mexe recomprava.

Depois de conhecer o Hipoglós transparente, que virou meu creminho gordo multifuncional (uso no topo do melasma, na região das olheiras, nas unhas, cotovelos, joelhos e até em irritações no couro cabeludo), parei de recomprar a manteiga de Karité.

Quando estou em casa de boas amo aplicar o Hipoglós transparente na olheira e no melasma. A região fica calma, macia, sem contar que a fórmula tem efeito despigmentante (ação do dexpantenol).

9. HA Intensifier Skinceuticals
[ Amazon || Beleza na Web ]

Sem palavras para este produto.

Se um dia a linha White Lucent sumir do mercado ou ficar estupidamente cara, volto para ele.

10.  MAC Prep + Prime Essential Oils 14mL

Nunca fico sem, adoro esse produto para misturar com bases e corretivos. Compro na loja física da MAC. Ele também amacia o melasma e tem ação antioxidante.

Meus antioxidantes de plantinhas

Como já me adaptei à Vitamina C pura, não tenho formulado  meus antioxidantes alternativos, mas vou deixar o registro das minhas fórmulas favoritas porque sei que muitas de vocês gostaram bastante delas.

Ambas são despigmentantes, hidratantes e antioxidantes; foram desenvolvidas para mim pela Dra Luciana Liberato, farmacêutica responsável pela Formule Farmácia.

1. Fórmula com ação predominantemente despigmentante — Licorice 2% + Niacinamida 4% + Ácido Azelaico 20% + Resveratrol 3% + Óleo de Argan 5% + Ácido Hialurônico 5% em Creme Oliva sem essência.

2. Fórmula com ação predominantemente antioxidante  — Melatonina 1%, Picnogenol 2%, Dexpantenol 5%, Niacinamida 4%, Licorice PT 3%, Camomila 3% em veículo acqua serum sem essência.

Produtos que não me beneficiaram ou produziram alguma reação desfavorável à época do uso

Todos eles são excelentes, mas na época em que usei não trouxeram benefício.

1. Hidroquinona a 2%

2. Clarifiant Serum Concentrado Clareador da RoC: possivelmente já descontinuado.

3. Fluido Clareador FPS30 da Eucerin

Muitas leitoras relataram uma boa melhora com este produto.

4. Advanced Pigment Corrector Skinceuticals

Sei que Skinceuticals é vida etc. Mas por algum motivo este produto não funcionou na minha pele.

5. Lumixyl Loção Cremosa Fluida Libbs

Nenhum efeito, zero mesmo.

6. Blancy TX Mantecorp

Produto excelente, vale muito a pena testar, principalmente se você tem vasinhos aparentes e o melasma ainda está bem pigmentado.

Na época que usei ele irritou minha pele e me deu acne.

7. Even Better Clinical Dark Spot Corrector Clinique

Para mim não valeu o custo. Minha pele simplesmente ignorava o produto.

8. Melani D La Roche

Usei na época em que o melasma estava mais grave. Não vimos efeito algum.

9. Clairial Protetor Solar FPS 50+ 

Este me promovia grande ardor em toda a face, e era muito gordo.

10. Fórmula magistral com 3% de Tranexâmico + associações (2015)

11. Fórmula magistral com 5% de Tranexâmico + associações (2016)

Nenhuma fórmula com tranexâmico funcionou para mim. Zero efeito. Adaptei-me com o da Hadalabo, que atualmente aplico após a última lavagem do rosto (horas antes de usar a tretinoína).

12. Derma Clássico Repair

13. Derma Clássico Renove

Os Derma Clássico, na minha impressão, ficavam sambando na minha pele.

14. Anti-Pigment Dual Serum Eucerin

Produto muito bem indicado atualmente, mas avermelhou muito a minha pele.  Considerando os relatos das leitoras, recomendo o uso mesmo não tendo sido bom para o meu caso

Outros despigmentantes com ação múltipla

São produtos excelentes para o manejo do melasma que ainda está escuro porque ajudam a evitar recaídas, podem produzir um efeito rápido em peles virgens de tratamento e funcionam como alternativa para pessoas que tem alergia ou medo de usar Hidroquinona.

Eles também ajudam no controle da hiperpigmentação pós-inflamatória e previnem manchas por espinhas, que vira e mexe nos aparecem.

Não sei se todos ainda estão no mercado hoje.

1. Biomedic Pigment Control

2. Clairial C10

3. D-Blanc Clareador da Dermatus

4. Pigment Lightening Gel Neostrata

5. Azelan Creme

6. Demelan

7. Kiaritá

8 Klassis

9. Hidroquin Forte Gel Sesderma

Despigmentantes que mostraram maior maior eficácia para a parte mais profunda do meu melasma

Nesta categoria todos funcionaram bem no meu caso.

Com exceção do Azelan, que é um medicamento de venda livre, os outros exigem acompanhamento médico mais rigoroso.

Lembre do que falei acima: é melhor não tratar do que tratar errado.

1. Fórmula tríplice (medicamento – Hidroquinona + Tretinoína + Fluocinolona acetonida) com concentrações determinadas pelo dermatologista.

2. Hidroquinona (medicamento), com concentração e posologia determinada pelo dermatologista.

3. Fórmula manipulada de Hidroquinona + Tretinoína + Niacinamida.

4. Azelan (medicamento de venda livre, mas deve ser usado, preferencialmente, com orientação médica).

5. D Blanc Minipeel Dermatus (Alfa Arbutin, Ácido Lático, Ácido Mandélico, Ácido Kójico Encapsulado e Retinol): Peeling para uso doméstico sob prescrição médica.  Foi um dos produtos que reduziu o aspecto preto em uma das recidivas do meu melasma.

6. D-Blanc Rollon clareador Dermatus (ácido glicólio, arbutin, licorice): Para uso pontual, sob orientação médica.

7. Glyquin XM (medicamento): alternativa de prescrição para quem não tolera a fórmula tríplice clássica.

Ufa, que lista gigante!

Se você lembrar de algo que usei, mostrei, mas não listei aqui, puxa minha orelha.

Beijos!

 

 

 

 

 

.

Aviso: As páginas associadas ao Blog da Monique
contém links afiliados da Amazon e isso não afeta
o preço que você pagará no caso de realizar qualquer
compra por meio deles. O Blog poderá receber
uma pequena comissão pela venda.

4 comentários em “Lista de Produtos usados no Tratamento do Melasma”

Obrigada pela visita ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.