Mais Sobre os Meus Cabelos

Por @meire_md

A minha sorte é ter uma cabeça pequena.

Meus cabelos são finos, em pequena quantidade e naturalmente lisos. Unindo todos os fios tenho a sensação de estar pegando o que equivale a apenas uma mecha dos cabelos de uma pessoa capilarmente bem dotada.

Para que as pontas não fiquem muito ‘ralas’, prefiro deixar os fios na altura do ombro e, quando estão bem longos como agora (tipo no meio das costas), tento produzir umas leves ondas com a finalidade de disfarçar a escassez.

Já já chego às ondas.

Cem escovadas antes de dormir

Há muitos mitos relacionados aos cuidados com os cabelos, então esqueça que sou médica e não procure qualquer tipo de precisão neste post: boa parte do que você lerá pela frente nada mais é do que o resultado dos memes que replicamos desde o tempo das nossas avós.

Quando eu era adolescente alguém afirmou que dar cem escovadas nos cabelos antes de dormir era uma boa ideia – interessante que há livro e filme com esse nome – e até hoje muita gente defende o método. 

Eu fiz isso até me dar conta, o que levou anos, que escovar os cabelos com tanta paixão provavelmente só aumentaria a chance de quebra das hastes.

Falando em escovar os fios… Há mais ou menos dez anos só uso as escovas da Tangle Teezer porque desembaraçam super bem, sem promover tanta quebra, creio, quanto as escovas de cabelo comuns. Tenho cinco modelos.

Atualmente meu modelo favorito é a Tangle Teezer Wet Detangling Hairbrush, que é maravilhosa tanto com os fios molhados quanto secos. Tem excelente performance durante a secagem dos fios com secador*, por isso não tenho curiosidade em testar a Janeke Superbrush, que imagino ser mais interessante para quem tem mais cabelos que eu.

Secagem suave

Mito ou não, acredito que além de usar uma escova de cabelos gentil, secar os cabelos de modo suave também ajuda a prevenir a quebra das hastes capilares.

Prefiro remover o excesso da umidade dos cabelos envolvendo-os com toalha de microfibra. Na época em que comecei a fazer isso as toalhas próprias para secagem de cabelos ou eram finas demais ou eram caríssimas.

Há alguns anos acabei comprando um cobertor de microfibra para fazer toalhas e cortei cada peça mais ou menos do tamanho de uma toalha de rosto. É uma solução super barata porque você encontra um bom cobertor por menos de 50 reais e dependendo do tamanho dá para produzir 08 toalhas ou até fazer fronhas para que seus cabelos durmam na fofura.

Com o tempo fui tirando uma toalha para fazer paninhos de limpeza, tirei outra para fazer paninhos para limpar óculos e telas de computadores, devo ter dado uma ou outra para alguém e quando dei por mim só estava com duas. Aí comprei uma Dry My Hair da Océane, que além de ser super fofinha, tem um tamanho excelente para quem tem cabelos longos.

Não tem segredo, dou umas apertadas nos fios com a toalha de microfibra sem esfregá-los e enrolo os fios delicadamente. Quando o excesso de umidade some, passo a escova, uso secador ou deixo que a secagem finalize naturalmente. 

Além da Dry My Hair tenho também duas toucas de microfibra baratinhas da marca Asa do Brasil. Elas são mais finas do que aparentam ser na foto do anúncio, mas duram bastante (como basicamente tudo que é de microfibra).

Uso essas baratinhas para proteger os cabelos quando não quero que molhem durante o banho, pois estou evitando usar as de plástico — mas elas também funcionam bem para secar os cabelos.

Não corta minha onda

É uma missão quase impossível fazer ondas sustentadas em cabelos muito lisos sem entupi-los de produtos, fixadores etc.

Já usei mousses, sprays, já dormi com coisinhas tipo bob e com ‘papelotes’, mas tudo que consegui foi deixar meus fios parecendo miojo cru. Não uso nem faço mais nada disso.

Produzo ondas apenas para dar algum volume do meio às pontas porque elas vão se desmanchar de todo jeito, deixando para trás apenas um rastro levemente sinuoso.

Quando eu quero porque quero as tais sinuosidades, deixo que os fios sequem completamente, aplico Pantene Creme para Pentear (gosto tanto do Anti-Frizz quanto do Hidratação), passo a escova da Tangle Teezer não só para que o creme fique bem distribuído nos fios como para evitar qualquer embaraço.

Depois passo rapidamente minha escova alisadora ou a chapinha (a minha é a de cerâmica da Taiff)  no topo da cabeça pra deixar mais ou menos arrumado, reparto os cabelos em quatro partes porque não tenho cabelos que permitam mais que isso, ehehe, e uso meu Modelador de Cachos da Lizz, o Curling Cônico.

Esse modelador é bivolt, chega no máximo a 200ºC e, como o próprio nome diz, tem formato cônico. Ele tem 25mm na parte superior e 14mm na parte inferior. 

Quando uso um modelador “babyliss” com diâmetro maior as ondas se sustentam menos ainda, então o cônico é perfeito para mim.

Penteados

O que é isso?

Meus penteados de todos os dias são um rabo de cavalo ou um coque feito de qualquer jeito. 

Nos tempos pré-históricos, quando um certo microrganismo ainda não existia e eu tinha vida social, costumava sair com cabelos soltos ou então fazer um coque com hair donut.

Para trabalhar estou quase sempre de cabelos presos e como expliquei no outro post sobre cabelos, para minimizar a quebra sempre aplico Pantene Creme para Pentear antes de quaisquer amarrações.

Um beijo!


PS – O meu secador de cabelos é um bem velhinho da Revlon. Assim que ele falecer irei comprar o Golden Star de 2000W da Philco ou algum similar a ele porque achei o custo-benefício bom. Não sinto necessidade de comprar um secador mais potente.

 

 

 

 

 

 

 

Aviso: As páginas associadas ao Blog da Monique contém links afiliados da Amazon e isso não afeta o preço que você pagará no caso de realizar qualquer compra por meio deles. O Blog poderá receber uma pequena comissão pela venda.