Dicas práticas para a limpeza da sua casa

Por @meire_md

“Se, de repente, meti na cabeça anotar, palavra por palavra, tudo o quanto me aconteceu desde o ano passado, foi por uma necessidade interior: tão impressionado fiquei pelos fatos ocorridos” (Dostoiévski, 1876, em ‘O Adolescente’)

Ano passado muita gente começou a limpar a própria casa e se surpreendeu como o sacrifício e o tempo investido são muito menores do que esperavam.

Com boas escolhas e reduzindo apenas um pouco do tempo perdido em redes sociais é possível manter a casa suficientemente organizada e limpa sem qualquer prejuízo.

(Se você for nas opções do Instagram, clicar em ‘sua atividade’ e escolher a aba TEMPO, vai se assustar com a média diária de minutos ou horas que você dedica a ele).

Manter a casa limpa é muito mais fácil do que parece

“Laura estava, como se possível, ainda mais vivaz, alegre e meiga que o habitual, e comecei a achar que um pouco de trabalho doméstico lhe fazia bem” (Conto ‘Mortos em Mármore’, da coletânea Vitorianas Macabras)

 

Basta fazer um pouco todos os dias.

A faxina geral pode ser feita eventualmente e torna-se cada vez menos necessária quando a rotina de fazer um pouco todo dia se consolida.

No início pode ser complicado, mas empreender um tempo – isso pode ser bem cansativo – para destralhar a casa, vender ou doar itens que não estão sendo usados e fazer uma organização inteligente nos ambientes mais usados vai facilitar muito a manutenção.

Quanto mais fácil tirar e guardar as coisas que você mais usa, menor a chance de produzir bagunça.

Antes de mostrar os produtos de limpeza que uso, acho interessante lembrar que não temos empregados domésticos, então vou falar mais sobre a otimização da casa.

Se você optou por não terceirizar os serviços domésticos ou se você é uma pessoa que busca soluções para que o serviço dos seus empregados não seja desnecessariamente pesado, vem comigo.

O quase acumulador e a quase minimalista

Como o Igor é ligeiramente acumulador e para mim é mais importante ser feliz do que deflagrar a III Guerra Mundial e dizimar vidas humanas, vegetais e animais, chegamos a um modelo que funciona muito bem: ele foi se desapegando de coisas e eu fui ficando um pouco mais bagunceira.

Tudo na vida é equilíbrio.

Otimizando os cômodos da casa e dividindo tarefas

Nosso apartamento tem doze cômodos, mas desativamos dois, incluindo as ‘dependências da empregada’.

Não vemos motivo para que um trabalhador que venha fazer um serviço na nossa casa não possa usar o mesmo lavabo que usamos.

Uma parte do espaço desativado virou depósito de coisas aleatórias que não sei de onde vieram nem como se multiplicam tão rapidamente e a outra parte corresponde à Lavanderia, que fica próxima à cozinha.

Atualmente nossa máquina de lavar roupas é uma bem básica da Electrolux (12kg), ela nos atende bem mas a gente gostava mais da Lavadora de Roupas Smart LG, que tem  tampa frontal e mais opções de lavagem.

Não possuo passaporte para entrar nessas regiões inóspitas, principalmente a cozinha, nem tenho a menor ideia de como funciona a lógica de organização do Igor, mas sou testemunha de que ele encontra tudo que precisa.

Escavações realizadas no local sugerem que para manter tudo limpo ele usa aspirador de pó, toalhinhas de manicure, detergente de cozinha e água sanitária.

Ele faz tudo rápido. Nunca vi Igor dedicando horas à limpeza da cozinha.

O quarto de hóspedes fica selado e só entra para a rotina de faxina quando estamos com visitas.

Como tenho asma, fechamos a sanca de gesso e retiramos os pés de todos os móveis (inclusive da cama) porque os espaços só servem para juntar poeira.

A limpeza e organização das salas, do lavabo, da Biblioteca, de uma parte da Oficina (a metade do Igor é impenetrável) e do nosso quarto ficam comigo, mas é Igor que faz a aspiração do piso de todo o apartamento.

Sem mistério

Lustra Móveis Multi Superfícies da Poliflor

Não limpo todos os cômodos todos os dias, faço de acordo com a necessidade, com a minha disposição e o meu tempo, mas você pode planejar de modo mais sistemático.

Frequentemente separo papéis que vão para compostagem, vejo se tem embalagens vazias pela casa que sejam recicláveis, recolho o lixo comum,  observo onde tem pó para limpar e dou uma organizada geral no que está fora do lugar.

Isso é muito, mas muito rápido e nosso apartamento não é pequeno.

Para remover o pó dos móveis, livros, obras de arte e outros itens de decoração, uso toalhinhas de manicure velhinhas.

Para evitar consumo desnecessário de toalhas de papel, compro toalhas de manicure (100% algodão) para usarmos como pano de cozinha, como toalhinhas para maquiagem e para limpeza de pinceis, por exemplo, daí quando estão bem velhas são reaproveitadas para limpeza da casa e quando estão imprestáveis são levadas para compostagem.

Nos dias que chamo de faxina geral coloco máscara facial e luvas para limpar o pó das coisas, aplico Lustra Móveis Multi Superfícies da Poliflor nas peças de madeira, limpo telas de LCD com Limpa Telas em spray e as superfícies de vidro com álcool a 90º.

Para me ajudar a não levar muito tempo nessa faxina geral, peço ajuda da Alexa e vou colocando timers, pois do contrário acabo me distraindo.

Banheiro? Cada um cuida do seu

Quando alguém diz o quão  trabalhoso é limpar seu banheiro eu já fico imaginando quanto tempo a pessoa precisou esperar para que o ambiente acumulasse sujeira ao ponto ser difícil limpá-lo.

Faço uma limpeza diária básica rapidinho — isso para mim é praticamente automático.

Sujou, limpou. Produtos simples como Detergente, Desinfetante e Sapólio dão conta. Vou falar um pouco mais sobre eles já já.

Um banheiro que está limpo todos os dias não dá trabalho nunca.

Roupas

Vaporizador da Black & Decker

Quando há roupas limpas vindas da área proibida, fico sabendo imediatamente sem necessidade de qualquer ofício ou memorando, pois são despejadas em um dos sofás ou em cima da cama.

Cabe a mim dobrá-las e guardá-las com a celeridade que bem entender e sem qualquer penalidade prevista, já que o Igor nunca havia dobrado suas roupas limpas até a Juíza declarar que estávamos casados.

Tampouco dá importância a detalhes mundanos como roupa separada por cor e perfeitamente pendurada em cabides virados para o mesmo lado…

Enquanto estou dobrando as roupas, já separo aquelas que precisam de manutenção, coisa  que faço com o Papa Bolinhas (o meu é da Ordene), minha máquina de costura ou costurando à mão com agulha e linha.

Deixo essas pendências na nossa Oficina e faço quando estou com vontade, o que geralmente ocorre aos sábados ou domingos.

Desamasso as peças de linho e outras roupas que eventualmente estejam amassadas demais com meu vaporizador da Black & Decker, que pode ser usado tanto na vertical quanto na horizontal (mostrei para vocês no Instagram).

Aspiradores de Pó

Robô Aspirador WAP Robot W300

Temos dois aspiradores de pó, um maior e mais potente da Electrolux (versão mais antiga do Aspirador Água e Pó  A10N1 Electrolux) que basicamente só é usado pelo Igor e o meu, o Vertical da Philco ( parece uma vassourinha).

Frequentemente uso como aspirador portátil porque meus cabelos caem muito e gosto de remover o pó dos cantinhos do quarto.

Ainda não compramos  nosso robô aspirador, mas planejamos comprá-lo para reduzir mais ainda o trabalho braçal de casa.

Estou de olho no Robô Aspirador WAP Robot W300, mas há tantas opções na Amazon e no Magazine Luiza, inclusive um da SAMSUNG que parece ser bastante durável, que estou confusa.

Luvas

Luvas de Latex Esfrebom Bettani cozinha.

Dada a minha preocupação com a produção de lixo, usar luvas na limpeza da casa sempre foi um ponto problemático, mas parece que resolvi comprando luvas mais duráveis.

Testei várias opções, desde reaproveitamento de luvas descartáveis a utilização daquelas luvas fininhas de silicone, testei luvas nitrílicas, mas nada deu tão certo quanto as Luvas de Latex Esfrebom Bettani para cozinha.

Quando termino de usar as luvas, lavo-as quando ainda estão na minha mão e ao removê-las lavo também pelo avesso.

Quando o avesso seca, viro para que sequem por fora também e coloco um pouco de Talco de Bebê tanto por dentro quanto por fora e guardo.

Sabão de coco

Sabão de coco em barra

Não preciso usar luvas quando uso sabão de coco, então ele é meu favorito para a limpeza diária da pia onde escovo os dentes e lavo o rosto.

Para fazer espuma abundante e lavar a pia, uso uma buchinha vegetal que depois deixo para secar em posição vertical.

Antes eu deixava o sabão de coco secando em cima de uma buchinha vegetal em área ventilada, mas notei que ele desidrata ao ponto de começar a rachar, então tenho feito de modo diferente.

Quando acabo de lavá-lo, deixo a água escorrer e imediatamente o acondiciono em um recipiente com tampa.

Detergente Líquido

Prefiro os detergentes da marca Ypê e da marca Limpol porque em minha impressão eles são mais eficientes.

Para limpar bancadas brancas, espelhos das tomadas elétricas, embalagens de maquiagem e até o rostinho de bonecas, aplico detergente puro nas superfícies e espalho o produto com toalhinha de algodão colocando a pressão e fricção que julgar necessárias.

Nas bancadas brancas removo o detergente com vinagre de álcool e espero que evapore (não fica odor nenhum) e nas demais peças uso um pano úmido para remover o detergente que não saiu com a ação da toalha.

Para limpar espelhos de modo a evitar que eles fiquem embaçados, também uso detergente de cozinha e removo com água.

Frequentemente finalizo a limpeza da parte interna do vaso sanitário com detergente só porque gosto de deixar a água com uma espuminha.

Sugestão de leitura: Os dentes também envelhecem

Esponja tipo lã de aço (‘Bombril’)

Esponja de lã de aço

Compro mais frequentemente a lã de aço da marca Assolan porque tem a mesma qualidade do Bombril, mas custa menos.

Corto cada unidade ao meio, reservo os pedaços numa caixinha e uso cada  apenas uma vez, fazendo sempre primeiro a limpeza dos espelhos (com detergente), depois da pia e, por fim, do vaso sanitário.

Faço isso em média uma vez por semana, esse procedimento com Bombril não faz parte da limpeza básica diária do banheiro. O que faço diariamente é limpar a pia, a parte interna do vaso sanitário e desengordurar o piso da área de banho.

Finalizada a limpeza externa do vaso sanitário – uso a lã apenas nas partes de louça e deixo o assento por último – descarto o pedaço no lixo comum, onde o produto se desintegra naturalmente (oxida e volta ao estado mineral), jogo água para remover qualquer resíduo de aço e limpo a parte de dentro do mesmo jeito que faço diariamente.

Desinfetante 

Tenho um sério problema com fragrâncias, algumas me dão dor de cabeça e outras me deixam com náusea ou  agravam minha asma, mas o Veja Desinfetante Limão não me incomoda.

É um produto bem versátil e pode ser usado, com as ressalvas e orientações dadas pelo fabricante  (evitar uso em inox, madeira e porcelanato fosco), na casa toda, mas só uso no banheiro.

Mantenho ao lado do vaso sanitário uma escova sanitária equipada com copo. Quanto mais discreta, melhor, ela pode ficar escondidinha num cantinho próximo ao vaso sanitário.

Deixo o copo parcialmente cheio com  desinfetante puro, ou seja, a escova fica mergulhada no desinfetante 24 horas por dia.

A cada vez que uso a escova ela já carrega desinfetante. Enquanto estou fazendo a limpeza da parte interna do vaso sanitário jogo também detergente e/ou sapólio e no final das contas até a escova fica limpa.

Depois que tudo está limpo, coisa rapidíssima, faço o enxague da escova utilizando o chuveirinho, deixo a água escorrer para o próprio vaso sanitário e mergulho a escova limpa dentro do desinfetante.

A louca do Sapólio 

O meu favorito é o Sapólio Radium, mas não costumo usá-lo em bancadas ou outros locais da casa.

A parte interna do meu vaso sanitário permanece sem manchas, mesmo sendo bem antiga e acredito que isso seja ação do Sapólio.

O produto  entrega uma excelente limpeza com pouco esforço e no meu caso é fundamental para manter a área de banho, que recebe meus cosméticos capilares e corporais que contém vários lipídeos, desengordurada.

Todos os dias jogo Sapólio no chão da área de banho de qualquer jeito e faço uma leve fricção com uma vassoura de cerdas firmes. Basta jogar um pouco de água e tá tudo resolvido.

O que está faltando para facilitar mais ainda nossa vida é o Robô Aspirador.

Beijos!

Meire

Leia também: A riqueza da vida simples

 

 

 

 

Aviso: As páginas associadas ao Blog da Monique contém links afiliados da Amazon e isso não afeta o preço que você pagará no caso de realizar qualquer compra por meio deles. O Blog poderá receber uma pequena comissão pela venda.

10 comentários em “Dicas práticas para a limpeza da sua casa”

  1. Oi Meire, obrigada pelas dicas, eu tenho o ROPO GLASS 3 já está em uso há mais de 1 ano, ele aspira ou passa pano com água, é ótimo, vale a pena.

    Curtir

  2. E no fim da leitura eu pensei… poxa, já acabou?!🙈

    Meire, alguma dica para branquear rejunte? Com produto de limpeza? Eu uso vinagre para passar pano no chão pois sou sensível a cloro e água sanitária…🥺 então precisa ser um produto que não me faça desmaiar😅🤣🙈

    Curtir

  3. Oi, Meirinha!
    Gostei muito do seu post.
    Eu estou bem feliz com o robô Ropo Glass 3. É o Alfredo. Hehehe Ele tem ótima potência e reservatório num tamanho bom para a quantidade de pelos que tem por aqui. Fiquei super na dúvida antes de comprar mas vi que fiz uma boa escolha. 😄

    Um beijo 😘

    Curtir

  4. Meire adorei suas dicas,obrigada SEMPRE!mil bjs.
    (Tbm limpo um pouco a cada dia,depois que vc ensinou a fazer assim,é mto bom!)

    Curtir

Obrigada pela visita ;)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.