[Bate-Papo] Tudo Sobre Arte | Stephen Farthing

Por @meire_md

Se eu pudesse escolher uma habilidade artística para desenvolver seria a de desenhar, mas além de ser proprietária de uma péssima noção espacial, minha destreza para pilotar canetas e pincéis ficou paralisada na quinta série do ensino fundamental.

Para compensar a deficiência artística, sou uma fiel apreciadora de Pinturas e Esculturas.

Nunca me debrucei para estudar – estudar no sentido de fazer apontamentos e buscar memorizar dados relevantes – História da Arte, o que é algo bastante curioso, já que amo história e amo arte.

Costumo degustar meus livros de arte favoritos do mesmo jeito que visito museus, ou seja, no modo de puro encantamento.

Quem, quando, como e por quê?

Embora eu tenha curiosidade em saber quem pintou ou esculpiu o quê, minha curiosidade maior é sobre a época em que a obra foi feita e o que estava acontecendo no momento em que o artista a criou, mas ando sentindo um forte impulso de mudar isso.

Se a cada livro que começo a ler fico afoita para saber mais sobre a biografia do autor, por que com pinturas e esculturas sempre fiz diferente? Não sei.

Para compensar essa falha nas minhas rotinas de leitura, separei alguns livros que quero reler estudando,  e um deles é ‘Tudo Sobre Arte’ (This is Art), de Stephen Farthing, lido pela primeira vez em 2013.

Manuseio frequentemente  ‘Brasiliana IHGB 175‘ , ‘História da Beleza‘, ‘On Ugliness’ (História da Feiúra) e História das Terras e Lugares Lendários.

Fora eles e o ‘Tudo Sobre Arte’,  tenho alguns poucos livros relacionados adquiridos em Museus, livros de artistas específicos e uma coleção ilustrada de História da Arte com cinco volumes divididos por época – começando na Pré-História e acabando de 1960 em diante – que ainda não li.

Tudo Sobre Arte

Ele tem mais de 500 páginas de letras miúdas alternadas com belas imagens e pesa (… pausa dramática) quase dois quilos.

Eu li aos poucos durante semanas, parte por parte, intercalando com outros livros e penso que a releitura, programada para 2021, vai ser ainda mais lenta.

Stephen Farthing fracionou o ‘Tudo sobre Arte’ em seis grandes períodos: da pré-História ao século XV, séculos XV e XVI, séculos XVII e XVIII, século XIX, de 1900 a 1945 e de 1946 aos dias de hoje.

Os movimentos expostos em cada capítulo são encaixados aos fatos históricos relevantes, situando o leitor no ambiente socio-econômico e político da época e levando-o a uma melhor compreensão do significado não só dos movimentos como das obras dos diversos artistas apresentados, mas é preciso dizer que não é um livro que esgota o tema.

‘Tudo Sobre’ é quase sempre uma expressão inadequada para compor o título de um livro, mas editoras brasileiras adoram fazer isso. O título original do livro é ‘This is Art’.

As reproduções são maravilhosas, mas nada substitui a ida a um Museu

Certa vez enquanto visitando a Tate Modern tivemos a chance de acompanhar uma historiadora que me abriu a mente em relação ao significado da obra de Picasso, que eu já admirava – por isso eu estava lá, diga-se de passagem – mas ainda não sabia exatamente por quê.

A localização da obra no momento histórico pode mudar completamente a nossa visão sobre ela, mas vê-la ao vivo é melhor ainda. Nenhuma fotografia consegue reproduzir, não dá para explicar.

Sempre que você viajar procure visitar os espaços de arte da cidade.

A arte é um alimento diferente em cada lugar e não importa o quão pequeno ou pobre seja o local visitado.

Onde há vida humana, há arte. Os artistas surgiram antes mesmo da eclosão da primeira civilização.  Não espere pela oportunidade de fazer uma viagem para um grande centro urbano ou uma viagem internacional para apreciar Arte.

Beijo!

 

 

 

 

 

Aviso: Este post contém links afiliados da Amazon e isso não afeta o preço que você pagará no caso de realizar uma compra por meio deles. A administração do Blog poderá receber uma pequena comissão pela venda.

2 comentários em “[Bate-Papo] Tudo Sobre Arte | Stephen Farthing”

  1. Meire, estaremos relançando em janeiro em formato e-book o nosso livro BASÍLICAS E CAPELINHAS – HISTÓRIA, ARTE E ARQUITETURA DE 43 IGREJAS DE SALVADOR. Adoraria ter ainda exemplares do livro físico em formato 30 x 30 e ricamente ilustrado lançado em 2009 e que estamos atualizando e reformatando agora, mas infelizmente agora já não temos. Só na estante virtual, mas nem sempre encontramos o livro grande/arte, mas só edições anteriores, menores e PB.
    Sinalizarei assim que estiver pronto para ter o seu valioso olhar sobre ele.

    Curtir

Os comentários estão desativados.