[Bate-Papo] Longe de Casa Há Mais de Uma Semana

Por @meire_md

Sempre gostei de comprar cosméticos e livros, então sigo essa tendência na hora de dar presentes.

Quem nunca?

Tenho quatro sobrinhos biológicos e uma sobrinha do coração. Todos eles amam ler desde muito novinhos, o que facilita bastante a minha vida na hora de dar um presente.

Infelizmente não tenho o privilégio de conviver de perto com eles, mas somos conectados pelo amor aos livros e eles sempre me surpreendem com a qualidade das escolhas.

Desde pequenos eles escolhem os livros que querem ganhar e fico muito feliz quando suas mães me dizem que contribui bastante com o excelente hábito que adquiriram.

Dessa vez me meti um pouco nas escolhas e acrescentei dois livros:

Considero uma leitura necessária/obrigatória para todas as pessoas que buscam aperfeiçoar continuamente nossas pobres ferramentas de pensamento crítico.  Foi um dos melhores livros de não-ficção que encontrei nos últimos meses. Caso você queira ler a resenha, basta clicar aqui.

Livro de escrita incisiva e leitura fácil que pode evitar que investidores iniciantes sucumbam ao vício da ganância, sejam seduzidos por conversa mole de gente esperta ou caiam na tentação de buscar um caminho aparentemente mais fácil pagando por alguns cursos tão caros quanto inúteis que vem sendo oferecidos aos montes através de publicidade maciça na Internet. O autor oferece estratégias inteligentes para diversas modalidades de investimentos.

Ah, e escolhi também o da princesinha K., que ainda é muito pequeninha.

PARA D., 25 ANOS

PARA E., 24 ANOS

PARA N., 18 ANOS

PARA J., 15 ANOS

PARA A PRINCESA K., 3 ANOS E 11 MESES

EXTRA

Escolhi esse livro ilustrado para minha mãe, que ama cultivar plantinhas comestíveis em casa. Não sei se é bom, mas me pareceu. Quando ela receber conto para vocês no Instagram e deixo uma notinha aqui neste post.

Edição em 08/11/2020: Minha mãe gostou muito, ela disse que tem dias ótimas e as ilustrações são muito boas. Ela está cuidando de uma pequena horta no finalzinho da garagem da casa dela, num espaço onde pega bastante sol.

Observações sobre investimentos:

 

Quando o assunto é educação financeira, é preciso ficar alerta contra os que conseguiram achar o caminho fácil para o enriquecimento (tirar dinheiro de você é o principal deles).

Recomendo que você não pague por nenhum curso antes de estudar um pouco sozinho (a) e adquirir capacidade de escolher por qual curso pagar, se realmente for o caso.

Pesquise por bons livros, a maioria dos ligados a Educação Financeira  (como os do Cerbasi por exemplo) são lidos em  poucas horas e muitos podem ser encontrados gratuitamente na internet.

Como os investimentos devem começar depois que você já montou sua reserva de emergência, não há pressa de começar. Com quatro semanas dedicando duas horas por dia (basta controlar o tempo perdido vendo bobagem na Internet) você aprende a se defender de vendedores de ilusões.

No post que escrevi sobre saúde financeira coloquei links para cursos gratuitos promovidos por fontes idôneas e bons canais do Youtube. Explore os links.

O esforço diário para não ser enganado é um dos preços que pagamos pelo privilégio de ter acesso a tanta informação como temos hoje. 

Beijos,
Meire

 

 

 

 

 

 

 

 

Aviso: Este post contém links afiliados da Amazon
e isso não afeta o preço que você pagará no caso
de realizar uma compra por meio deles.
A administração do Blog poderá receber
uma pequena comissão pela venda.

2 comentários em “[Bate-Papo] Longe de Casa Há Mais de Uma Semana”

  1. Amei as indicações dos livros e concordo plenamente com você em relação à educação financeira, cursos e custos desnecessários e tempos de gerenciamento da informação. Acho interessante como as pessoas não costumam refletir. Eu sempre pensei: se quero economizar e estou estudando para melhorar financeiramente, para que vou gastar com cursos, se atualmente temos tanto material incrível disponível gratuitamente? 🤔🤷🏼‍♀️ É tipo: quero economizar mas vou gastar dinheiro? Não faz sentido!😅🙈

    Curtir

    1. Alguns cursos valem a pena mas depois que a gente já estudou um pouco e está capacitado para fazer uma boa triagem, pois há uma imensidão de cursos ofertados. A gente fica meio perdido e pode gastar a toa. Beijo!

      Curtido por 1 pessoa

Os comentários estão desativados.